Notícias

 

Toma posse a nova directora da EPF Maputo

2022-05-17

A Escola de Professores do Futuro de Maputo (EPF Maputo) tem nova directora, Adelfa da Iva Manhenge Banze Munialavo, que passa ao cargo em substituição de Sarmento Simões Preço, que cessa funções após ter dirigido a instituição durante 18 anos. A EPF Maputo completa 29 anos desde a sua criação e encontra-se actualmente a formar professores no modelo 12+3 anos, sendo que estão em formação 178 formandos e, conta com 22 professores e 19 funcionários.

1

O acto solene de entrega de pasta e tomada de posse foi testemunhado pelo Administrador do distrito da Matola, Isaías Mondlane, quem conferiu posse a nova directora ao efectuar a passagem dos símbolos nacionais e actos normativos para o exercício pleno das suas funções.

No seu discurso, o governante instou a empossada a promover um sistema educativo de qualidade, inclusivo e eficaz.  "A instituição que agora vai dirigir deve estar virada para a produção de conhecimento e concorrer para a prestação de serviços de excelência no âmbito da formação de professores, aliás a instituição, está dentro do Projecto de Transformação para se tornar Centro de Referência e excelência, por isso, deve ser referência no mercado de trabalho. Os graduados deste estabelecimento de ensino, devem ser professores invejáveis e de referência no distrito, província e a nível nacional” - Referiu.

Adelfa Banze, expressou a sua prontidão para assumir o cargo que foi confiada face as qualidades demonstradas enquanto directora na EPF Inhambane, sua anterior posição, que ocupou durante oito anos. “ É com grande sentido de responsabilidade que hoje assumo o cargo de Directora da Escola de Professores do Futuro – Maputo, para conduzir de forma escrupulosa os destinos desta instituição, que é de formar professores primários activos no desenvolvimento das zonas rurais. No exercício das minhas funções estarão sempre presentes os princípios da inclusão, equidade, comunicação permanente e da ligação escola comunidade” - disse.

2

Ao director cessante, coube endereçar os seus agradecimentos a todos que o acompanharam e juntos alcançaram muitos sucessos e, igualmente encorajar a sucessora a levar avante os destinos da instituição que serviu durante 18 anos.

“Os sucessos alcançados durante o período em que estive em frente dos destinos da instituição foram graças a entrega e empenho de cada um de nós, por isso os meus agradecimentos a toda a comunidade escolar da EPF Maputo. E porque estivemos sempre coesos, conseguimos nestes anos de trabalho conjunto, graduar 1635 professores dos 2018 graduados desde a sua fundação em 1993, o que corresponde a 69%”.

O representante da ADPP, Jorgen Ohre, instituição que tutela a EPF Maputo, referiu-se à qualidades dos dois directores, o cessante e a empossada, nos seguintes termos: “Os dois directores São colegas que sempre representaram que a tarefa de formar novos professores para servir as crianças nas escolas primárias é uma missão de privilégio. Cada um deles tem demonstrando um profundo interesse em formar professores bem preparados academicamente e politicamente para estar lado a lado com as crianças e as suas famílias na construção de um futuro melhor”.

3

Mais Notícias

2020-05-07
A ADPP Moçambique, esteve recentemente, em frente de uma campanha de prevenção ao COVID-19, doença que assola o país e o mundo, no distrito de Nhamatanda, numa iniciativa que contou com a parceria da World Jewish Relief.
2022-06-15
A ADPP Moçambique, uma das mais antigas Organizações Não-Governamentais Moçambicanos no país, celebra este ano, o seu Quadragésimo aniversário de trabalho dedicado ao desenvolvimento comunitário, com intervenções nas áreas de Educação de Qualidade, Saúde e Bem-Estar e Agricultura e Meio Ambiente.
2023-07-17
O projecto ADPP-Kushinga iniciou, na última semana, a distribuição de cesta básica à crianças órfãos e vulneráveis no âmbito de resposta aos danos causados pelo Ciclone Freddy, que fustigou algumas Províncias da Zona Centro do País no princípio do ano em curso.