Notícias

 

Projecto de alimentação escolar encerra após distribuir mais de 76 milhões de refeições nas escolas da província de Maputo

2020-12-18

O Governador da província de Maputo, Júlio Paruque, dirigiu na sede do governo do distrito da Manhiça, a cerimónia de encerramento do projecto de Alimentação Escolar “Comida para o Saber”, da Planet Aid e implementado pela ADPP em parceria com o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH) em quatro distritos da província de Maputo durante oito anos, numa iniciativa financiada pelo departamento de Agricultura dos Estados Unidos da América (USDA).

Decorrendo de 2012 a 2020, o projecto cobriu quatro distritos da província de Maputo, nomeadamente Manhiça, Magude, Matutuíne e Moamba, e abrangeu  271 escolas primárias, beneficiando directamente a mais de de 90 mil crianças, através da distribuição de mais de 76 milhões de refeições correspondente a cerca de 7 milhões de toneladas de farinha de milho e soja fortificada (CSB+) com apoio do envolvimento de 3500 voluntárias.

Para além do Governador, o evento contou com a presença do representante da USDA, Almeida Zacarias, da representante da Planet Aid (via video) Marie Lichtenberg, da Directora Executiva da ADPP, Birgit Holm, da Directora Provincial da Educação e Desenvolvimento Humano em representação da Ministra do pelouro, dos administradores dos quatro distritos abrangidos pelo projecto, dos directores de escolas, dos técnicos do projecto e dos demais convidados.

Em seu discurso de encerramento, Júlio Paruque manifestou o seu reconhecimento aos esforços e abertura do Governo de Moçambique na busca de apoio para a promoção do desenvolvimento social e económico das comunidades locais. Disse ainda que os feitos da ADPP em Moçambique são de per si um exemplo evidente da liderança proactiva e dinamismo na busca incessante do bem-estar das comunidades moçambicanas no geral, e em particular da província de Maputo. Por fim, o governante felicitou os feitos do projecto “Comida para o Saber” e endereçou merecidos créditos no que diz respeito aos seus resultados, principalmente no seu contributo para a redução das desistências escolares durante o ano lectivo aliado ao aumento das taxas de ingresso e retenção dos alunos, o que resultou nos últimos três anos numa redução da taxa de desistência escolar na ordem de um pouco mais de 50%.

Referir que o discurso do Governador terminou com a atribuição de um Diploma de Honra à ADPP pela implementação com sucesso e de forma exemplar o projecto de Alimentação Escolar.

Na sua intervenção, Marie Lichtenberg agradeceu o apoio prestado por todos os intervenientes para que o projecto alcançasse um impacto de maior dimensão na vida dos seus beneficiários.

“O coração e a alma do programa sempre foram as escolas, comunidades, professores e alunos que participaram diariamente aprendendo novas habilidades assumindo novas responsabilidades e contribuindo com a sua força e energia para superar as metas do programa. Quero agradecer aos nossos parceiros pelos papéis críticos na implementação do programa que mudou positivamente a vida das escolas, comunidades e crianças nos últimos oito anos. Mesmo no contexto da pandemia global e desafios enormes de mudanças climáticas e pobreza, este programa provou que esforços colectivos e individuais, comunidades e governos podem criar mudanças positivas e significativas no mundo” disse a representante da Planet Aid.

Para o representante da USDA em Moçambique, Dr. Almeida Zacarias, o financiamento disponibilizado pela sua organização para a implementação deste projecto, foi uma medida acertada devido ao seu impacto nos quatro distritos, testemunhado  por todos os actores envolvidos durante a sua implementação.

Outros resultados do projecto:

O projecto de Alimentação de Escolar “Comida para o Saber” trabalhou com as Escolas de Professores do Futuro (EPFs) e as comunidades na gestão da alimentação escolar e a componente de literacia, tendo desenhado um currículo e introduzido o ensino bilingue e o treinamento de professores. O projecto produziu e distribuiu cerca de 250 mil livros em língua local, instalou 583 sistemas de água, construiu 383 novas latrinas, 272 cozinhas e fogões poupa-lenha e 271 armazéns para a soja, abertura de oito machambas de referência, e desparasitadas mais de 148,200 crianças contra parasitoses intestinais. Os resultados alcançados foram possíveis através das intervenções nas sete componentes do projecto, nomeadamente Alimentação Escolar, Literacia, Hortas Escolares, Água e Saneamento, Educação Nutricional, Construção, Actividades Extracurriculares e Formação de Professores.

Mais Notícias

ADPP apoia as vítimas das cheias em Sofala
2020-03-11
A ADPP em parceria com a World Jewish Relief e a Action Aid com o apoio financeiro do “Start Fund”, está a implementar um projecto denominado “Resposta de Emergência às cheias em Sofala 2020” que visa apoiar as comunidades afectadas pelas fortes chuvas que têm fustigado as regiões de Nhamatanda, Maríngue, Gorongosa, Búzi, Caia e Cheringoma na província de Sofala, levando a inundações que afectaram 14,319 famílias.
ADPP na prevenção da COVID-19 em Nhamatanda
2020-05-07
A ADPP Moçambique, esteve recentemente, em frente de uma campanha de prevenção ao COVID-19, doença que assola o país e o mundo, no distrito de Nhamatanda, numa iniciativa que contou com a parceria da World Jewish Relief.
4 milhões de pessoas morreram da COVID-19 em todo o mundo
2021-07-19
COVID-19 passa a marca de 4 milhões de mortos e não há sinais de que pare em breve.