News

 

Nhamatanda Farmers' Club closes with positive results

2020-02-19

Encerrou no passado dia 30 de Janeiro o projecto Clube de Agricultores de Nhamatanda depois de três anos e oito meses de duração (2015-2019), beneficiando um total de 2250 agricultores divididos em 45 clubes, um projecto implementado pela ADPP e com apoio financeiro da União Europeia.

O acto foi dirigido por Sua Excia. Administrador do distrito de Nhamatanda, Tomé José, e contou com a presença dos representantes da ADPP, Parceiros, membros do governo local, técnicos do projecto e representantes das 45 associações provenientes das localidades de Metuchira, Nhampoca, Tica e Lamego.

No seu pronunciamento, o Administrador apelou às associações a serem sustentáveis nas suas actividades tendo em conta os esforços já empreendidos pelo projecto. Chamou ainda a atenção aos agricultores que devem colocar em prática os ensinamentos apreendidos com o projecto, fazendo o bom uso dos sistemas de irrigação, a dar continuidade ao agro-negócio e desafiou a produzirem bastante as hortícolas com principal enfoque ao tomate em todas as épocas do ano de modo a alargar a sua base de produção e consequentemente os seus mercados-alvo.

Em reconhecimento e por último, o Excelentíssimo Administrador agradeceu a ADPP pela implementação do projecto e mostrou a disponibilidade do distrito receber o mesmo projecto em outras localidades.

Por sua vez, os representantes dos clubes dos agricultores manifestaram a sua satisfação pelas realizações do projecto e o impacto que trouxe nas suas vidas, destacando deste modo a aprendizagem sobre as boas práticas agrícolas, a construção de sistemas de irrigação, moagens, armazéns, capacitação em matéria do agro-negócio, criação de animais, entre outras.

Os Clubes dos Agricultores tinham o objectivo de aumentar os rendimentos dos pequenos produtores, através da promoção da cadeia de valor dos produtos seleccionados e desenvolvimento de habilidades de agro-negócios entre os pequenos agricultores, com foco no emponderamento da mulher e na inclusão dos mais vulneráveis.

Na cerimónia os representantes dos Clubes de Agricultores receberam certificados emitidos pelo projecto e foram premiados os melhores produtores e entregues os DUATs comunitários dos activos instalados.

Na sua intervenção, o Líder do projecto, Abdulahi Chabane, divulgou os principais resultados do projecto fazendo referência ao apoio oferecido para estimular maior produtividade. Fazem parte do referido apoio, 45 poços e bombas a corda, 34 sistemas de irrigação, dos quais 28 com painéis solares com capacidade de irrigar 0,25 hectares e seis com capacidade de irrigar 1 hectar cada. Assim cerca de 70% das associações dispõem de sistema de irrigação com energia solar para garantir a produção ao longo do ano e 238 celeiros melhorados. Houve consequentemente aumento da produtividade na ordem dos 50% de rendimento/ha devido ao melhoramento das técnicas e o preço de venda no mercado.

Uma análise estatística demonstra, por exemplo, que um agricultor que anteriormente produzia 390kg/ha de gergelim, produz actualmente uma média de 750kg/ha. Um agricultor que produzia 1100kg/ha de arroz, produz actualmente uma media de 3500kg/ha.

Referir que o projecto estava inicialmente previsto para uma duração de apenas três anos, porém com a devastação dos campos de cultivo pelo Ciclone Idai, houve a necessidade de uma extensão por mais oito meses para ajudar os clubes a recuperarem os seus campos e a reerguerem as suas machambas.

More News

2020-03-12
Since 2012, the School Feeding project “Food for Knowledge” (FFK), implemented by ADPP and Planet Aid with the support of the United States Department of Agriculture (USDA), has distributed 75,463,949 for 88,100 children from 271 schools in the districts of Manhiça, Magude, Moamba and Matutuine.
2022-04-28
After having implemented the same project in Nacala, Nampula province, ADPP Mozambique has recently launched in Maputo, the project "Girls Inspire" whose objective is to improve the skills and livelihoods of 800 girls and young women, of which 500 girls attend school and 300 young women are outside of the National Education System.
2022-06-15
Bilingual education was introduced in Mozambique in 2003 as a strategy to boost the teaching and learning process in children, as well as to reinforce reading and writing in the early grades, since children learn best in the language they master the most.