Notícias

 

ADPP celebra 40 anos de actividades no país

2022-06-15

A ADPP Moçambique, uma das mais antigas Organizações Não-Governamentais Moçambicanos no país, celebra este ano, o seu Quadragésimo aniversário de trabalho dedicado ao desenvolvimento comunitário, com intervenções nas áreas de Educação de Qualidade, Saúde e Bem-Estar e Agricultura e Meio Ambiente.

40 anos

A cerimónia do lançamento das festividades que decorrem sob o lema “40 anos -Celebrando a nossa história” foi realizada no distrito da Matola, na sede da Organização, num evento que juntou colaboradores da organização.

Ao longo dos 40 anos de actividades e em meio a vários desafios, a ADPP orgulha-se de ter crescido até se tornar uma Organização que teve um impacto significativo na vida de milhares de pessoas em todas as Províncias do País.

De acordo com a Presidente do Conselho de Direcção da ADPP, Ana Margarida Lemos, os 40 anos que a organização completa tem um significado no impacto das actividades já desenvolvidas.

Da criação da ADPP para esta parte percorremos um longo caminho, éramos meia dúzia de pessoas e hoje somos cerca de 3.500 e estamos a trabalhar em todo o País beneficiando a milhões de moçambicanos. Ultrapassamos o conflito armado dos 16 anos, secas, cheias, ciclones, epidemias etc. mas sempre nos mantivemos firmes porque sabíamos que de coração aberto iriamos chegar onde nos propusemos alcançar e que se encontra espasmado nos nossos Estatutos” – disse.

Para descrever o impacto das actividades da Organização desde a sua criação, Birgit Holm, Directora Executiva fez uma reconstrução da história da ADPP enfatizando principais marcos.

Ao longo dos 40 anos, o nosso trabalho teve impacto na vida de milhões de moçambicanos. Inicialmente concentramo-nos na área da educação, primeiro na alfabetização e depois fomos evoluindo até a formação de professores. A partir de 1998 alargamos as nossas actividades ao sector da saúde com o primeiro programa virado para a luta contra HIV’SIDA, que era a maior preocupação na altura. A agricultura veio merecer atenção às nossas actividades em 2004 através de uma abordagem de clubes de agricultores, ainda em uso nos projectos que implementamos hoje” – conta.

Na mesma ocasião, foi lançado o relatório anual de actividades do ano 2021, onde o maior destaque vai para o alcance de perto de 6,2 milhões de pessoas em todo o país através dos seus projectos.

O mais recente relatório divulgado na manhã de hoje refere ainda que o número global alcançado é produto das actividades realizadas nas três áreas em que a organização trabalha, nomeadamente Educação de Qualidade, Saúde e Bem-estar e Agricultura e Ambiente Sustentável.

No período em referência, embora a pandemia da COVID-19 continuasse a afectar a vida do povo moçambicano e a economia do país, as acções de prevenção e distribuição de vacinas contribuíram significativamente para aos poucos normalizar-se as actividades em algumas áreas, com destaque para o retorno das crianças à escola.

Na área da educação de Qualidade, o principal destaque vai para a formação de mais 945 novos professores primários, elevando o total para 23,451 professores graduados nas 11 escolas desde 1993. Referir ainda que na área da educação 350 mil crianças foram beneficiadas pelo projecto de reforço à leitura, Apoiar a Ler, sendo implementado em 750 escolas pertencentes a 12 distritos da província de Nampula.

Nos projectos de saúde, a ADPP deu continuidade aos projectos de prevenção e controlo de doenças transmissíveis tais como o HIV/SIDA, a Tuberculose, Malária e Nutrição. Para esta área o maior destaque vai para o projecto Transform Nutrition que está sendo implementado em 12 distritos da província de Nampula onde dentre vários resultados alcançou 167,908 crianças menores de cinco anos e 35,700 mulheres grávidas e lactantes por meio de intervenções nutricionais específicas.

Na agricultura, especial atenção foi para o apoio a um total de 3,200 famílias deslocadas dos conflitos armados em Cabo Delgado através de actividades de subsistência. É destaque também o projecto ECOFISH, em implementação na província de Tete onde está a reforçar a sustentabilidade económica, social e ambiental de 531 pescadores de pequena escala.

Com o seu empreendimento social, na área de venda de roupa em segunda mão criou milhares de postos de empregos e, o valor angariado tem servido de fundo para a sustentabilidade dos projectos permanentes da Organização, o caso das Escolas de Formação de Professores.

Mais Notícias

Transform Nutrition alcança mais de 73 mil raparigas e adolescentes através de clubes de Raparigas
2022-04-22
Mais de 73 mil raparigas foram alcançadas nos últimos dois anos pelo projecto Transform Nutrition em 12 distritos da província de Nampula em actividades de Clubes de Raparigas que Inspiram.
Mulher toma curso
2021-04-23
Nem todas as mulheres aceitam passivamente os papeis de gênero que lhe são socialmente atribuídos.
Projecto Apoiar a Ler melhora habilidades de leitura em Nampula
2022-06-15
O Ensino bilingue foi introduzido em Moçambique em 2003 como uma estratégia para impulsionar o processo de ensino e aprendizagem nas crianças, bem como para o reforço à leitura e escrita nas classes iniciais, visto que as crianças aprendem melhor na língua que mais dominam.