Estamos a conseguir concretizar o nosso sonho de diversificar a alimentação das crianças

FFK Fidelio Pelembe2-Fidélio Pelembe, the headmaster of Pedreira Primary School

- Fidélio Pelembe Director da Escola Primária do Primeiro e Segundo Grau da Pedreira, em Matutuine

Com a participação activa dos alunos, estes aprendem a valorizar os alimentos que os pais colocam na mesa, isto é, elas aprendem fazendo, vêem uma planta a ser plantada e acompanham o processo de crescimento da mesma, o que lhes abre a mente e os faz darem importância à produção agrícola e aprendem sobre a importância da diversificação dos alimentos na dieta”, considerou Fidélio Pelembe Director da Escola Primária do Primeiro e Segundo Grau da Pedreira, em Matutuine, uma escola que conta com pouco mais de 350 alunos.

O nível de desistências reduziu consideravelmente e, proporcionalmente, o nível de aproveitamento aumentou, fruto da maior atenção e participação dos alunos nas aulas. O cenário anterior de fome em casa e fome na escola, fazia com que alguns alunos tivessem que optar entre ir a escola com fome ou ir trabalhar, no corte de lenha ou e de carvão, por exemplo, para ajudar na compra de comida em casa.

Muitas crianças adormeciam na sala de aulas por causa da fome, mas, com a ajuda do nosso parceiro da ADPP e dos seus amigos americanos (USDA e PlanetAid), desenvolvemos esta machamba onde produzimos a batata reno, batata-doce, beterraba, cebola, milho, cenoura, couve, alface, mandioca, tomate e frutas como a banana, cujos excedentes são comercializados e nos ajudam em pequenas despesas”, comentou.

O nosso interlocutor disse-nos que o impacto nutricional da introdução da machamba é visível a olho nu pela postura dos nossos alunos, que já não apresentam características de má-nutrição, além de que, em coordenação com o Centro de Saúde local, tem-se realizado palestras e, havendo casos desses, as crianças são levadas à unidade sanitária para cuidados adicionais.

Nos últimos levantamentos que efectuamos, não detectamos casos e isso pode ser reflexo directo da machamba, dado que o que produzimos tem uma variedade de nutrientes que ajudam a própria criança a superar vários problemas de saúde que vinham enfrentando”, reiterou.

Rostos - Educação