Escolas de Formação de Professores – Formando Professores do Futuro

In 2013, ADPP ran the 1-year teacher-training program in 8 Teacher Training Colleges and the 3-year pilot program in 3 Colleges

As Escolas de Formação de Professores da ADPP, conhecidas como "Escolas de Professores do Futuro (EPFs)", foram criadas para contribuir para os esforços do Governo de Moçambique para melhorar a qualidade do ensino nas escolas primárias do País.

Ao aumentar o número de professores qualificados e com múltiplas capacidades, as EPFs desempenham um papel importante no desenvolvimento da formação de professores em Moçambique.

O objectivo das EPFs é formar professores do ensino primário que são educadores apaixonados e, além disso, capazes de liderar várias iniciativas de desenvolvimento comunitário nas comunidades rurais em que a maioria deles irá trabalhar.

Em 2015, a ADPP seguiu o programa de formação de professores de 1 ano em 8 EPFs e o programa-piloto de 3 anos em 3 EPFs. Em ambos os programas de formação, a prática pedagógica nas escolas primárias vizinhas e a interacção com as comunidades locais têm um papel central. O ensino baseia-se no método DMM (Doutrina de Métodos Modernos), o que torna o estudo flexível e coloca o estudante no centro do seu próprio processo de aprendizagem.

As EPFs funcionam em regime de internato, onde as responsabilidades relacionadas com a gestão e a manutenção da escola são compartilhadas entre trabalhadores e estudantes. Isto treina os futuros professores a tomarem a iniciativa e a assumir responsabilidades nas escolas e comunidades onde irão trabalhar após a formação.

Os graduados das Escolas de Formação de Professores da ADPP são conhecidos por serem extremamente motivados no seu trabalho, hábeis em usar as mais recentes metodologias pedagógicas e interessados no desenvolvimento integral das crianças que ensinam (Avaliação do programa de formação de professores em serviço da ADPP Moçambique, 2013).

No total, as 11 Escolas de Formação de Professores da ADPP, uma em cada província e duas na Província de Nampula, matriculam mais de 1.500 alunos por ano. Até ao momento, um total de 15,578 professores do ensino primário foram formados nas EPFs.

Veja o mapa das Escolas de professores do Futuro.

Para mais informações sobre a formação de professores, por favor veja a galeria de fotos.